terça-feira, 8 de novembro de 2016


Não vi velha nem velhinha

Não vi velha nem velhão

corre, corre, cabacinha

Corre, corre, cabação.

Foi esta a quadra que os meninos do JI e da EB1 de Raiva aprenderam com a simpática velhinha que escapou da fúria do lobo.

Esta é a história de uma velhinha que, a caminho da festa de batizado do seu netinho, encontra um lobo que a quer comer. Inteligente, a velhinha convence o lobo a esperar pelo fim do dia, depois da festa, pois estará mais gordinha. É então que um vendedor de cabaças engendra um plano para salvar esta simpática senhora.


Sem comentários:

Publicar um comentário