quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

 Direitos Internacionais das Crianças

Mateus é negro como a noite e escuro como um mistério. E é um menino adoptado. A sua mamã conta-lhe que ele nasceu numa ilha muito distante... Porque é que é tão difícil para os seus colegas da escola entender isso?
E foi com esta história que na semana de 19 a 23 e nos dias 26 e 27 de novembro, a Biblioteca Escolar assinalou o Dia Internacional dos Direitos das Crianças, nas escolas de 1º ciclo e pré-escolar.
Os alunos ouviram com muita atenção a história e perceberam que afinal “ser diferente é bonito”. Independentemente da raça, religião, sexo ou nacionalidade, todas as crianças têm os seus direitos e devem ser tratadas como iguais. No final da história, em equipa, todos os alunos participaram na construção de um lindo arco-íris onde escreveram os seus direitos.
Aqui fica o registo da atividade e os trabalhos criados. PARABÉNS a todos os alunos e professores envolvidos na atividade.

Sem comentários:

Publicar um comentário